Quando for pedalar use a cabeça - Marketing de Guerrilha


 Surgiu na Dinamarca, Copenhague, uma campanha de incentivo ao uso de capacetes e educação no trânsito muito interessante. Lá mais da metade da população usa bicicletas para ir ao trabalho ou se locomover, porém a maioria não usa capacete. Ou porque é chato, incomoda, estraga o penteado...enfim, as desculpas de sempre e de todo lugar.

Se você fosse prefeito ou dono da fábrica de capacetes, o que faria?!

(  ) Faria um outdoor?

(  ) Criava um Facebook - Eu Curto usar capacetes legais!!

(  ) Fecharia a fábrica, afinal os clientes não querem usar?!

(  ) Incentivaria o governo a multar as pessoas?

(  ) Marketing de Guerrilha

O que foi feito! Uma empresa de capacetes muito criativa e vislumbrando um enorme potencial de mercado, criou uma placa de bicicletário com um capacete preso, algo curioso e chamativo. Chegando mais perto da placa e do capacete poderia ver um adesivo com os dizeres:  "Use sua cabeça e ganhe esse capacete."



 As pessoas precisavam tirar uma foto no tal poste e enviar para as redes sociais para ganharem o capacete. Resultado... um monte de gente curtiu a ideia e o resultado esta ai abaixo na foto. 


Em detalhe aqui o vídeo da campanha!


Além da ideia bacana o que trago para vocês hoje é mais uma reflexão de como o tema marketing de guerrilha e educação de clientes pode andar junto!

Geralmente Marketing de Guerrilha serve pra chamar atenção das pessoas e criar uma experiência positiva da marca, porém neste caso o principal motivo da campanha é a EDUCAÇÃO no trânsito, para que as pessoas usem capacete.

Sua empresa faz que ações de EDUCAÇÃO para os clientes?!

Todos temos que ter em mente que as empresas precisam educar os clientes, sim.  

  • Explicar como comprar da melhor forma;
  • Onde encontrar vantagens e informações interessantes;
  • Mostrar como a empresa funciona;
  • Quais os canais de atendimento e como conversar com a empresa;
  • Quando ocorrer um problema, como resolver;
  • Educar o cliente para ele voltar a comprar e falar bem da empresa;
  • Educar o cliente para fazer elogios!


O que achou da ideia, será que a moda pega aqui no Brasil?! Qual a ação de marketing mais inusitada que você participou!!! Comenta ai!


Marketing de Guerrilha - Canon




Marketing de Guerrilha significa colocar em prática estratégias de nenhuma forma convencional.  O termo marketing de guerrilha vem da guerrilha bélica, ou seja, é um tipo de guerra não convencional no qual o principal estratagema é a camuflagem (não combater diretamente o inimigo e fazer rápidos ataques e sumir) Em geral, táticas de guerrilha são usadas por uma parte mais fraca contra um inimigo mais forte! 

Um bom exemplo é a ação de guerrilha criada pela TBWA francesa para divulgar as lentes objetivas (Zoom) da marca Canon.


 Foram utilizados os postes de cimento que impedem veículos de parar em cima das calçadas e estão espalhados por toda Paris, para demonstrar o poder das novas lentes.

Outro caso da Canon foi feito em uma pia de banheiro, para promover uma câmera a prova água.


A ideia aqui no blog é mostrar que com pouco investimento e ações inusitadas podemos chamar atenção de futuros clientes e fortalecer a marca com os atuais.

Já pensou em fazer algo assim para sua empresa!?

Quando o "e-mail marketing" é inconveniente!

Sempre falo que e-mail marketing é uma ferramenta incrível e que deve ser usada com inteligência, mas tem muita gente por ai abusando da nossa paciência. 

Geralmente isso ocorre porque as pessoas querem fazer VENDA e DIVULGAÇÃO de algo, mas sem se preocupar em quem vai receber o e-mail. Esse é um dos maiores erros de quem acha que faz e-mail marketing quando na verdade esta fazendo SPAM. 

Segundo uma pesquisa da Return Path (Empresa de Email Intelligence ) o Brasil é um dos países com pior reputação no envio de emails. Segundo Louis Bucciarelli, Diretor Geral da Return Path no Brasil, “Com uma taxa de reclamação de 3%, taxa de usuário desconhecido de 7% e taxa de spam traps próxima de 5%, os profissionais de marketing brasileiros têm um longo caminho pela frente para resolver seus problemas de entregabilidade e reputação”.

Isso geralmente é percebido quando o e-mail que você recebe:
  • ... não tem opção de unsubscribe no e-mail;
  • ... tem um assunto que não é do seu interesse;
  • ... o evento relacionado no e-mail é de outro estado e você não costuma fazer viagens;
  • ... um e-mail com RE:  na frente do texto como se você tivesse enviado um e-mail anterior para você abrir por curiosidade;
  • ... um e-mail informal de autônomo... Ola, tudo bem? Quer comprar o produto X....  e sabe que foi mandado para mais 10.000 pessoas.
E muito mais coisas que não lembro...  para você qual foi o pior e-mail que já recebeu ou coisa absurda que viu?!

Qual o jeito de sua empresa conversar com o cliente?! Marketing de Guerrilha

Relacionamento Sério e triste ou descontraído!?

Em São Paulo, 2 publicitários resolveram fazer a diferença na vida um vendedor de balas e fizeram uma simples mudança no papel das embalagem de balas que ele vendia. Eles criaram ilustrações e frases bem humoradas para vender mais. Algumas das frases como:

"Vendo estas balas porque não posso vender minha sogra"

destacada

ou
comunicadores foto 111 610x610 guerrilha brasil  guerrilha Criatividade Ação

Nesse projeto analisamos que a ideia do projeto foi vender mais, mas o que mudou realmente foi o modo de relacionamento com o cliente que passou a ser bem humorado e fez os clientes darem risadas.  Assista o vídeo abaixo:


A ideia ajudou Tiago a vender as balas em menos de 3 horas, quando normalmente ele demorava 5 horas para vender 250 pacotes.

Você acredita que os clientes dele tiveram uma boa experiência na compra?! Comente...

CRM e cloud serão prioridade em investimentos para 2013/14!

Recentemente o Gartner divulgou um relatório onde o CRM tem surgido como prioridade número 1 em gastos de softwares para 2013 e 2014. Além do CRM em primeiro lugar, outros itens como ERP e Ferramentas de Produtividade completam os 3 primeiros lugares da pesquisa.


O fato de que o CRM é o item número 1 esta relacionado com algumas questões:


  • As empresas querem utilizar e dar valor aos dados armazenados durante muito tempo pelas empresas;
  • Falta capacidade e conhecimento técnico para as empresas segmentarem os clientes mais rentáveis;
  • Muitas organizações estão frustradas com a atual abordagem com os clientes, onde atuam com apenas alguns clientes e precisam descobrir mais oportunidades de vendas;
  • O tempo que leva pra produzir relatórios sobre clientes e vendas é alarmante e preocupa as empresas;
  • As empresas tem medo de que dados sobre clientes antigos e o pipe-line de vendas não real prejudique as tomadas de decisões;
  • O Risco de perder negócios para os concorrentes que entendam melhor os clientes do que a própria empresa;
  • Sobrecarga de quantidade de dados e prospecção no mercado;
Com base nestes dados, as empresas mundialmente estão colocando um novo  foco sobre e estratégia de CRM e tecnologia para melhorar a experiência do cliente, aumentando assim a retenção de clientes, participação de carteira, conquista e atração de novos clientes.