A Disney quer usar um bracelete para vender mais e construir lealdade com os visitantes!

A Disney sempre tem repercussão no quesito relacionamento com clientes e a mais nova ideia a ser colocada em prática pode ser lançada em breve e se chama +MyMagic

Os visitantes não precisarão mais de dinheiro para fazer as compras e podem  ser avisados quando os brinquedos estiverem disponíveis para não precisar ficar na fila! 


Os Visitantes podem usar pulseiras de borracha codificadas com informações de cartão de crédito, número do telefone e outras informações.  Com isso os visitantes seriam avisados no Smartphone por alertas que avisam quando é hora de andar na Space Mountain e sem precisar ficar na fila. A pulseira vai funcionar como uma chave magnética de quarto de hotel, porém ela vai muito mais além. (Imagem modelo de como funcionará)

A pulseira Magic Band promete mudar a forma de se relacionar com os parques Disney e suas atrações.



A Estratégia


A Disney nos próximos meses planeja começar a introdução de um sistema de gestão de férias chamado + MyMagic que irá mudar drasticamente a maneira de se relacionar com os visitantes da Disney World, cerca de 30 milhões de pessoas por ano, em praticamente todos os aspectos.


Uma série de ferramentas  permitirão que os visitantes de Walt Disney World customizem e personalizem sua experiência nos parques e suas atrações.


A iniciativa é parte de um esforço mais amplo, estimado pela empresa e que deve custar entre US $ 800 milhões e US $ 1 bilhão de dólares. A ideia é tornar o parque da Disney menos assustador e mais favorável ao comportamento do consumidor moderno. 


O segredo esta no relacionamento mais próximo com cada um, onde a Disney está apostando que os clientes mais felizes gastam mais dinheiro.



"Se pudermos melhorar a experiência, as pessoas vão gastar mais do seu tempo de lazer com a gente", disse Thomas O. Staggs, presidente do parques da Disney e Resorts.


Se você utilizar plenamente + MyMagic, as bases de dados permitem que a Disney aperfeiçoe suas ofertas e personalize as mensagens de marketing.

A Disney está ciente das preocupações com a questão privacidade, especialmente com crianças que são mais influenciáveis pelas propagandas.  Mesmo assim a empresa deve trabalhar essa nova tecnologia em seus parques  sem danificar o sentimento de nostalgia em que a experiência traz .  Segundo Staggs, a partir de uma perspectiva de negócios o projeto + MyMagic poderia ser "transformacional".

Além de beneficiar a Disney, a iniciativa poderia alterar o modo como as empresas de entretenimento se relacionam com os visitantes e o modo de negócio global de parques. 

Novidade?!

A Disney não é a primeira empresa de férias a usar pulseiras equipadas com identificação por radiofreqüência, ou RFID, chips. 

Great Wolf Resorts, um operador de 11 parques aquáticos da América do Norte, tem usado a pulseira desde 2006. Mas, a operação da Disney parques global, que tem uma estimativa de 121,4 milhões de admissões por ano e gera US $ 12,9 bilhões em receita, é tão grande que ele pode influenciar muito o comportamento do consumidor.

Atualmente os visitantes da Disney World já usam alguns itens como cartões chave do hotel e que permite fazer compras de alguns itens ou serem avisados de algumas coisas. mas o problema maior é a espera causada pelo acumulo de visitantes em algum brinquedo ou quiosque, normal em qualquer parque de diversões.

Como vai funcionar?

Haverá um novo sistema de Fast Pass, o Fast Pass +, que permitirá que o hóspede reserve assento em uma atração ou show antes mesmo de chegar ao parque. Por meio de um site, o My Disney Experience, e/ou aplicativo para smartphones. Ao chegar ao parque, se quiser mudar algo de sua programação, basta acessar o app de seu celular.

Também será possível fazer reserva para restaurantes, entre outros serviços dentro dos parques e resorts Disney. “Trata-se da evolução permanente da experiência do hóspede em nossos parques”, disse Staggs.

O símbolo dessa nova etapa será uma pulseira, a Magic Band, que servirá de chave do quarto (hoje os novos hotéis já possuem fechaduras em que só se aproxima a chave do quarto e ela se abre),  cartão de compras no complexo e identificação para o Fast Pass +. 

O MagicBands também pode ser codificado com todos os tipos de dados pessoais, permitindo mais interação personalizada com os funcionários da Disney. Antes, o funcionário do parque e a  Cinderela podiam dizer somente um Olá de forma geral. Agora - se os pais optarem em - sensores escondidos, será lido os  dados do MagicBand, fornecendo informações necessárias para um cumprimento personalizado: "Oi, Ana", e o personagem pode dizer sem avisar. "Eu sei que hoje é seu aniversário. Parabéns!"

Muito mais vem por aí, nessa fase mais tecnológica da Disney, buscando se aproximar dos visitantes e facilitar o planejamento de suas viagens.


Nenhum comentário:

Postar um comentário