Questionamento do dia! Quantos clientes você perde por ano?!


Você sabe quantos clientes a sua empresa perde por ano?

Se não sabe é melhor começar a investigar, pesquisas de mercado indicam que em média as empresas perdem de 10 a 12% dos clientes por ano.

Se fizermos uma conta rápida e simples, isso em 5 anos representa em torno de 60% dos clientes.

A partir desses dados a empresa pode traçar uma estratégia de retenção de clientes, com a diminuição desses índices, o faturamento da empresa tende a aumentar e o gasto com prospecção de clientes diminui.

Conheça os serviços da Ciclo Consultoria na área de CRM e Gestão estratégica.

Pesquisa sobre redes sociais.

O site http://www.callcenter.inf.br/ realizou uma enquete sobre o benefício trazido pelas de redes sociais. Em primeiro lugar ficou a análise do comportamento dos clientes e em segundo a monitoração do mercado.

Algumas empresas ainda, cerca de 13%, informam que tiveram um aumento nas vendas e 9% que conseguiram o fortalecimento da marca.


Endeavor em Curitiba - 18 e 19/11


A Endeavor inicia seus eventos no Paraná durante a Semana Global do Empreendedorismo.

Hoje tem painel com alguns empresários na CIETEP (Avenida Comendador Franco, 1341), presidente do Boticário, ALL e Bematech, vejo vocês lá! Amanhã (19/11) é na Associação Comercial Paranaense.

Qual o investimento necessário para se ter resultado no CRM para pequenas e micro empresas!??



Os investimentos necessários para um CRM passam pelos seguintes pontos:


CULTURA: Um empresa por si só não conseguirá implantar um CRM por conta, é muito dfícil. 
Para isto seria necessário a preparação do ambiente para o CRM, seja com palestras, cursos. 
Converse com alguem que conheçe, um palestrante de CRM, etc

Material impresso ou digital: o que atrai mais o cliente?

Material impresso ou digital: o que atrai mais o cliente?

Aposte no marketing de baixo custo

Enquanto a concorrência se esconde, aproveite para dar as caras! Por Wagner Roque

Bruno Theil, da Artmix: ao frisar que vende a melhor marca de capacetes do mundo, ele alavancou as vendas
Em momentos de aperto econômico, como o atual, o marketing das empresas costuma ser jogado para segundo plano. Eis um grande equívoco, dizem os especialistas. 'Justamente em períodos de contenção de despesas, quando a maioria dos empresários se esconde, é que se deve divulgar o negócio', afirma José Eduardo Balian, professor de finanças da ESPM. 'Está aí a grande chance de se diferenciar da concorrência.'

Vantagem competitiva e novas ferramentas de gestão!



Muitas empresas tentam conseguir vantagem competitiva se orientando com ações junto ao cliente, a cada dia nos deparamos com novas ferramentas para auxiliar a gestão, como por exemplo, as mídias sociais e o mobile marketing, ambos muito em discussão. 

Precisamos analisar que muitas delas têm dificuldade em conduzir tal procedimento, pois as soluções são novas e poucos estudos e informações se tem a respeito.

Twitter, orkut, facebook são redes sociais que devem ser utilizadas para compreender mais ainda os clientes, podem ser mais um canal de atendimento e uma opção rápida para diagnosticar problemas e reagir em tempo real.

A dificuldade vem em como lidar com a integração dos dados de chat, telefone e email.

Algumas empresas acabam aderindo aos poucos o processo de adesão das mídias sociais como a Connie Bensen.


Segundo o diretor Connie Bensen, do depto de estratégia comunitária e mídias sociais da Alterian, diz que a integração bem sucedida requer uma mudança cultural. 
"O que as empresas estão tentando fazer é inserir delicadamente as mídias sociais no dia-a-dia das pessoas. Uma organização, não importa seu tamanho, tem de dizer o seguinte: 'Qual é o nosso objetivo? Como queremos servir melhor os nossos clientes? Qual equipe deveria estar fazendo isso? Onde é o primeiro lugar a implementar? "Bensen diz. Citação de 1 to 1 weekly
"Se você descobrir os problemas que forem surgindo, você pode resolvê-los antes que se tornem um problema generalizado", acrescenta Ryan Hollenbeck, vice-presidente sênior de marketing da Verint.


Podemos observar que existe uma falta de integração entre as midias socias e a gestão do serviço ao cliente que ainda levará um tempo para ser resolvida, por outro lado vemos a constante e rápida mudança do CRM, ferramentas e gestão do relacionamento com o cliente.

Eis a principal "dor de cabeça" atual dos responsáveis pela Gestão de Clientes.

Você pode imaginar qual será a nova ferramenta a surgir ou pode inventar a sua?!

Ciclo Consultoria, a frente do seu tempo!


Leia: Editor do NYT confessa: Não sabemos usar mídias sociais...

Você já ouviu falar de CRM?


CRM do inglês (Customer Relationship Management ), ou gestão de relacionamento com o cliente é um termo muito falado no mundo dos negócios.

Podemos definir CRM como uma estratégia de negócios, para entender e antecipar as necessidades do cliente, ou seja, uma cultura empresarial voltada para o foco no cliente. Em um CRM existe um conjunto de ferramentas para automatizar as funções de contato com o cliente, essas ferramentas refletem principalmente em uma mudança de atitude corporativa.

Você já pensou em quanta informação valiosa seu vendedor sabe a respeito dos seus clientes?

Cada detalhe, conversa, ou gosto dos clientes pode ajudar a entender e prever o comportamento do consumidor.
A gestão de relacionamento ajudar as empresas a criar e manter um bom relacionamento com seus clientes armazenando e inter-relacionando de forma inteligente, informações sobre suas atividades e interações com a empresa.

Antes de qualquer correria para comprar um sistema de CRM e instalar um sistema na empresa, CRM antes de tudo é CULTURA!

Entre em contato e saiba como a gestão de relacionamento pode auxiliar sua empresa!

INVESTIR EM CONSULTORIA É BUSCAR A EXCELÊNCIA EM GESTÃO.
VOCÊ ESTÁ PRONTO PARA SER O MELHOR NA SUA ÁREA?


Pensamento

"Quando eu era jovem, de cada dez coisas que empreendia, nove falhavam.
Como não queria ser um fracassado, trabalhei dez vezes mais."


Bernard Shaw

Como vender mais e melhor!


Todo cliente é igual?
Claro que não. Quem pensa assim pode estar perdendo mais do que dinheiro. Um estudo mostrou que vinte por cento (20%) dos clientes de qualquer negócio são responsáveis por oitenta por cento (80%) do faturamento.Com certeza, todo cliente não é igual. Então, o que temos que fazer?

TRABALHE os 20% de clientes. CRM neles!


CRM é ATITUDE! Um Bom sistema ajuda no trabalho.
Qual atitude você ira ter para com seus clientes?

Cresce o número de reclamações de consumidores na web em sites de comércio eletrônico

Com o crescimento do comércio eletrônico, as insatisfações também aumentaram, os principais problemas são relacionados a entrega de produtos, defeitos e cobranças indevidas.


Fonte: PEGN

A Estratégia do Oceano Azul para o sucesso profissional





Em momentos de forte competição e turbulência na economia, é fundamental programar novas estratégias na carreira para tornar-se mais competitivo. Uma das mais eficazes estratégias de carreira da atualidade, é aquela baseada no livro “A Estratégia do Oceano Azul”, escrito pelo sul-coreano Cham Kim e a professora francesa Renée Mauborgne (Ed. Campus/Elsevier), que foi publicado em 36 línguas, em 180 países e é um dos maiores sucessos editoriais do momento.A idéia central que norteia esta estratégia é possibilitar que a empresa ou o profissional possa descobrir ou inventar seu próprio ambiente de negócio, assim poderiam nadar livres num oceano azul, sem concorrentes.Esta teoria foi baseada no estudo de muitos movimentos competitivos de empresas e pessoas de sucesso ao longo dos anos. Eles notaram fatores em comum que podem ser copiados por empresas ou pessoas, e a partir daí montaram sua metodologia.

Quatro são os passos desta estratégia:

• analisar suas competências, suas qualidades positivas e negativas;
• descobrir como está sendo percebido no mercado;
• montar seu plano tático estratégico de carreira;
• comunicar este plano ao mercado.

10 ítens que matam a produtividade


Reuniões, e-mails para responder, acúmulo de tarefas, cansaço. Tudo isso pode fazer com que você gaste mais tempo do que deveria em suas atividades.



Um planejamento semanal bem elaborado pode cair por terra quando as atividades diárias pré-estabelecidas são deixadas de lado por motivos circunstanciais ou urgentes, que atrapalham a produtividade. Será que você tem passado por isso? Confira a lista abaixo e veja com quais itens você se identifica.

1 – E-mail – Ficar com o e-mail aberto faz o nível de interrupções ficar intolerável, aumenta a ansiedade e a sensação de atividades por fazer. Recomendo definir períodos para lidar com as suas mensagens sendo que no resto do tempo o caixa deve ficar fechada.

2 – Não ter clareza sobre o que fazer – O que você precisa fazer primeiro? Você sabe pelo menos 80% do que deve ser feito hoje? Se não souber responder a essas perguntas, com certeza vai se perder em tarefas circunstanciais.

3 – Estou em Reunião – Uma pesquisa feita pela Triad Consulting, empresa dá qual sou diretor, demonstra que 1/3 das reuniões podem ser canceladas. Então: dieta de reuniões já! Quanto menos, melhor. Se tiver de fazer, seja objetivo, defina pontos de discussão e faça durar no máximo 2 horas.

4 – Redes Sociais – Você usa twitter, facebook, orkut, etc? Controle a ansiedade de ficar conectado a essas redes. Utilize eventuais intervalos no dia ou o horário de almoço para se atualizar.

5 – Falta de energia – Você está cansado, sem pique e não consegue se concentrar? A falta de “energia” rouba muitas horas do dia e faz a pessoa “surfar” em atividades circunstanciais. Tenha hobbies, procure um médico, tome um multi-vitamínico, alimente-se em horários regulares, faça sexo (com freqüência).

6 – Falta de foco – Começa uma atividade e em pouco tempo salta para outra tarefas? Se a atividade for grande, quebre em pequenas atividades, feche qualquer outro software que não esteja usando, coloque o celular no silencioso e, se funcionar para você, ouça música.

7 – Navegador cheio de favoritos – Você abre seu browser para ir em um site, esbarra na lista de favoritos e começa a surfar por outros portais? Instale um novo navegador (sugiro o Safari) e não importe os seus favoritos. No novo browser, com a lista de favoritos zerada, você perde a tentação de ficar navegando à toa.

8 – Messenger, Wave, GTalk, etc – A regra é simples: está ocupado? Fique com status invisível ou offline. Está tranquilo? Fique ausente ou ocupado. Está com tempo para conversar? Fique disponível.

9 – Interrupções – Se muita gente interrompe você, pode ser porque sua comunicação não anda muito adequada. Faça uma revisão de como redige os emails, concede informações e delega atividades.

10 – Tarefas imprevistas, convites inesperados e favores – Que tal falar NÃO de forma concreta (baseado em planejamento X disponibilidade)? Se muitas tarefas imprevistas surgem na sua rotina, é possível que o nível de planejamento não esteja adequado. Repare em quais dias da semana você tem mais imprevistos e utilize isso a seu favor.

Por Christian Barbosa .


HSM Online


Ciclo Consultoria - Excelência em Gestão de Negócios

Questionamento do dia! Como diminuir a resistência dos usuários ao CRM!



Como diminuir a resistência dos usuários ao CRM!  


Comente...